Grabyo: relatório aponta que 79% dos fãs de esportes querem assistir esportes exclusivamente online

Grabyo: relatório aponta que 79% dos fãs de esportes querem assistir esportes exclusivamente online


De acordo com o novo 2021 Sports Video Trends Report, da Grabyo, mais de três quartos dos fãs de esportes globais agora querem assistir esportes exclusivamente em serviços de streaming. A Grabyo entrevistou mais de 15 mil consumidores em 14 países, incluindo Brasil, México e Argentina, para identificar os hábitos de visualização e compra de vídeos dos consumidores globais. O relatório descobriu que mais de um terço dos consumidores estão assistindo esportes regularmente em plataformas de transmissão e digitais.

As descobertas mostram que os fãs de esportes estão ficando impacientes com a falta de opções de streaming, sugerindo que os fãs esperam que mais esportes estejam disponíveis nos serviços de streaming no futuro ou podem optar por não assistir ao esporte ao vivo se estiver disponível apenas por meio de assinaturas de transmissão de TV.

Em 2019, a Grabyo revelou que 53% dos fãs de esportes globais que pagam por serviços de vídeo planejavam cortar o cabo e passar para streaming exclusivamente em 2024. Em 2021, 45% dos fãs estão pagando apenas por serviços de streaming. Em 2026, o relatório de Grabyo sugere que o mercado de TV paga terá apenas 28% de participação dos clientes dos fãs de esportes globais.

Os fãs de esportes em toda a América Latina mostram uma grande vontade de pagar por serviços de streaming de esportes, com base no crescimento considerável dos serviços OTT na região. Mais de 90% dos consumidores no México, Brasil e Argentina estão prontos para mudar para streaming exclusivamente. Já 50% dos fãs no México estão dispostos a pagar até MX $ 149 ($ 7,50) por mês, enquanto metade dos fãs brasileiros estão dispostos a pagar até R $ 29 ($ 6) por mês por um serviço de streaming que transmite esportes. Na Argentina, 25% dos torcedores pagariam até AR $ 499 ($ 5) por mês.

Essas descobertas refletem uma tendência global de consumidores adotando serviços de streaming em favor de assinaturas de transmissão de TV, que foi acelerada por medidas de segurança para ficar em casa durante 2020. Isso levou consumidores de todas as idades experimentando serviços de streaming e sendo convencidos por seu valor. A Grabyo relata que metade dos fãs de esportes globais pesquisados tem mais de 45 anos.

Desde 2019, o relatório conclui que as assinaturas de transmissão de TV caíram 9% entre os fãs de esportes globais, enquanto as assinaturas de streaming online aumentaram 41%. Além disso, também encontrou uma alta demanda por conteúdo esportivo de acesso gratuito nas mídias sociais. No Brasil, México e Argentina, mais de 70% dos fãs de esportes em cada território estão usando plataformas de mídia social regularmente para acessar o conteúdo. Mais de 70% desses fãs querem ver mais transmissões de esportes ao vivo nas redes sociais, enquanto mais da metade quer mais destaques instantâneos e vídeos sociais.

“As emissoras e os detentores de direitos esportivos devem agir rapidamente para alinhar suas estratégias de vídeo com a demanda do consumidor”, comentou Mike Kelley, Presidente das Américas da Grabyo. “Assim como os esportes ao vivo impulsionaram o crescimento das assinaturas tradicionais de cabo e satélite por décadas, agora estão alimentando ofertas OTT como Amazon Prime, Peacock, Paramount + e YouTubeTV, além de produtos específicos de esportes como DAZN e ESPN +. Os fãs apreciam a capacidade de assistir em dispositivos móveis, bem como recursos interativos atraentes, como feeds de várias câmeras, apostas ao vivo, estatísticas de fantasia e comércio eletrônico”, concluiu.



Link da fonte

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *